Treinamento para frotas

Curso de direção defensiva

Escrito por: Renato Mello

Aqui você verá tudo o que precisa saber sobre direção defensiva. O que é, para que serve e quanto tempo dura o cursoVamos lá?

Os acidentes de trânsito tiram muitas vidas todos os anos. Eles são causados por vários motivos diferentes, como falhas mecânicas e problemas na via, mas o principal motivo é o fator humano, que contribui com até 90% das ocorrências.

Por esse motivo, cada vez mais o conhecimento em direção defensiva é necessário, priorizando a segurança do condutor e dos demais usuários do trânsito.

Mas é importante mencionar, que o curso de direção defensiva, é apenas uma parte entre outros cursos em que os motoristas devem ser treinados e capacitados para conduzir em segurança, seja para atividades profissionais ou para deslocamento casa-trabalho-casa.

Infelizmente, nem todo motorista prioriza a segurança e a vida, dirigindo com desatenção e descuido. Vamos ver a seguir as principais causas de imprudência no trânsito.

Direção sob efeito de substâncias

Direção sob efeito de substâncias

Muitas vezes, motoristas profissionais são colocados em turnos com carga horária excessiva e, com isso, alguns destes profissionais utilizam medicamentos como tentativa de tirar o sono. Além, é claro, do uso de álcool entre outros drogas lícitas e ilícitas.

Essas substâncias prejudicam as funções cerebrais e interferem diretamente na habilidade de responder rapidamente aos estímulos. Elas podem causar:

  • retardo no tempo de reação;
  • queda na atenção ao trânsito;
  • comprometimento das funções motoras;
  • agravar a sonolência;
  • alteração de humor;
  • perda do controle do veículo.

Imprudência ao volante

Infelizmente, muitas pessoas dirigirem em alta velocidade, além daqueles que utilizam o celular enquanto dirigem. Ao ter esse tipo de conduta perigosa, o motorista perde precisão na direção e prejudica o tempo de reação caso algum imprevisto ocorra.

Imprudência ao volante

Quando se dirige em alta velocidade, o carro perde estabilidade. Desta forma, há uma maior dificuldade de o motorista manter o carro em linha reta, de retornar a direção para a posição correta após uma curva, assim como fazer uma parada brusca. 

Outro caso de imprudência é o uso de celulares no momento da condução do veículo. Atualmente, esse é um dos principais fatores de acidentes no trânsito e, também, um dos mais difíceis de controlarNa maioria dos casos, dependemos mais da prudência dos motoristas do que do aumento de fiscalização, tendo em vista a dificuldade de punir motoristas com esse tipo comportamento.

Inexperiência por falta de prática

A inexperiência ou a imperícia no trânsito nada mais é do que a ausência de conhecimento técnico e habilidade na condução de veículos nas vias.

É raro encontrar motoristas, mesmo profissionais de longa data, que já passaram por todas situações nas ruas ou estradas.

Por isso, nesta etapa prática se faz necessário o uso de simuladores de direção de alta imersão, por ser a única maneira de praticar situações de risco em ambiente seguro e controlado.

Na hora de contratar motoristas, os gestores de frota sabem que há momentos em que ocorre a escassez deste tipo de profissional no mercado, logo, surge a necessidade de contratar novos motoristas sem experiência na condução de veículos para entregas ou transporte de passageiros.

Mais uma vez se faz necessário o uso de simuladores de direção para avaliar as habilidades práticas destes motoristas, antes de coloca-los na ativa nos equipamentos de alto custo.

Negligência na direção

A negligência no trânsito consiste na falta da ação esperada em alguma situação por descuido ou desatenção do motorista, isso ocorre tanto em relação à conduta no trânsito quanto os descuido da manutenção do veículo.  

Quando o motorista ou empresas não realizam as manutenções preventivas dos veículos periodicamente, eles estão aumentando o risco do equipamento falhar, o que pode causar um grande transtorno e atrasos, ou pior, um acidente fatal. 

A direção defensiva foca exatamente em combater essas más condutas e hábitos que podem causar acidentes de trânsito e prejuízos para as empresas e saúde pública.

Agora, vamos entender o que é o curso de direção defensiva.

O que é o curso de direção defensiva?

A Resolução nº 168 do Contran, de 14 de dezembro de 2004, institui a obrigatoriedade do curso de direção defensiva em alguns contextos.

O que é o curso de direção defensiva?

Tornou-se obrigatório, assim, que as autoescolas incluíssem aulas de direção defensiva nos cursos de formação de condutores e nos cursos de reciclagem. 

Além das autoescolas, as montadoras de veículos foram obrigadas a adicionar informações sobre direção defensiva nos manuais dos automóveis.

Outro ponto de atenção, são as empresas que promovem capacitação dos motoristas, mesmo não sendo obrigatório, conseguem trazer mais bem-estar para seus colaboradores, evitar perdas de mão de obra e a reduzir custos operacionais. 

O curso de direção defensiva ensina ao condutor como agir em diferentes situações e destaca quais fatores precisam dsua total atenção, como: 

  • Funcionamento do veículo (atenção a qualquer anormalidade); 
  • Manutenção preventiva (manutenção periódica); 
  • Atenção aos retrovisores (verificar constantemente); 
  • Postura ao volante (cinto de segurança e as duas mãos no volante); 
  • Concentração ao dirigir (evite uso de celulares); 
  • Respeitar as condições das vias (trânsito, obstáculos e condutores); 
  • Observar as condições climáticas (chuvas e neblinas); 
  • Adequação as novas tecnologias dos veículos (freios ABS, câmbio automático etc); 
  • Em caso de cursos customizados incluir normas e procedimentos de segurança das empresas. 

O curso de direção defensiva visa ensinar a agir preventiva e corretivamente para evitar riscos de acidentes. A ideia é formar condutores conscientes e atentos à melhor forma possível de dirigir com segurança, independentemente da situação.  

Vamos abordar agora alguns dos tópicos relevantes sobre o curso de direção defensiva e que o motorista precisa saber para agir preventivamente.

Elementos básicos da direção defensiva

Elementos básicos da direção defensiva

Para se tornar um motorista defensivo é necessário apropriar-se de alguns conhecimentos básicos considerados essenciais para dirigir com segurança.

Vamos listar abaixo quais conteúdos básicos o condutor irá aprender para se formar no curso. 

  • Conhecimento do código de trânsito brasileiro, primeiros socorros e funcionamento básico do veículo;  
  • Atenção focada no trânsito e na direção do veículo; 
  • Como prever e reconhecer riscos de acidentes, e como remediá-los; 
  • O poder de decisão nas adversidades; 
  • A prática conduz a perfeição: prevenção e correção de riscos. 

Postura do condutor

No curso, o condutor aprenderá quais os comportamentos e posturas ideais para uma direção segura 

1 – Postura pacífica

Tendo como foco a direção defensiva, deve-se esperar de um bom condutor defensivo um comportamento pacífico e controle emocional. 

Ter inteligência emocional é essencial para evitar momentos em que você pode, inconscientemente, se deixar pelas emoções, o que pode causar desentendimentos e posturas perigosas no trânsito. 

2 – Concentração

concentração totalmente focada é um dos comportamentos essenciais para que um condutor dirija com segurança. Só plenamente concentrado no trânsito o condutor faz os procedimentos necessários na hora certa 

3 – Consciência coletiva

A postura de consciência coletiva exige do condutor atenção e cuidado com outros usuários da via durante a direção. Isso inclui prestar atenção ao comportamento dos outros motoristas, pedestres e demais transeuntes que encontrar pelo caminho.

É aquela máxima mil vezes repetida: “você precisa dirigir por você e pelo outro”. Ao ter consciência coletiva, o motorista exerce ações que beneficiam ele mesmo e todos no trânsito. 

Assim, o condutor que pensa no coletivo tem atitudes como dar passagem a alguém que pede, para na faixa de pedestres, respeitar a distância entre seu veículo e os outros carros, assim por diante. Isso é priorizar uma direção com segurança! 

 Humildade e autocrítica

Essas duas posturas ou qualidades são fundamentais para uma direção defensiva. Quando se tem humildade e pratica-se a autocrítica, prestamos muito mais atenção às nossas falhas na direção.  

A partir daí, o condutor pode evoluir na habilidade de dirigir de modo mais completo e conscienteDe maneira que se tenha um comportamento mais solidário e os conflitos no trânsito sejam evitados.

Condições adversas no trânsito

O curso de direção defensiva busca preparar o condutor para dirigir com segurança mesmo com os diferentes obstáculos que possam surgir em seu percurso.

Condições adversas no trânsito

Por esse motivo, no curso são ensinadas estratégias para que o motorista tenha condições de contornar dificuldades que possam prejudicar a sua condução. Como, por exemplo: 

  • Problemas com o veículo (óleo, água, retrovisor, cinto de segurança, motor, pneus e combustível); 
  • Disfunções do condutor (atenção, lucidez, sonolência, condições físicas e emocionais); 
  • Adversidades nas vias (obstáculos, aquaplanagem, curvas, descidas, obras, buracos e outros carros); 
  • Clima (chuva, vento, granizo, neblina e calor e frio excessivos); 
  • Luz (falta ou excesso e natural ou artificial). 

Alguns cursos mais avançados utilizam simuladores de direção para praticar situações de risco em ambiente seguro e controlado. Alguns dos treinamentos envolvem a instrução para agir em algumas situações como: aquaplanagem, evitar tombamentos, estouro de pneu(s), fuga para caixas de escape (caixa de areia), rompimento de eixo do, entre outras situações

Afinal, veja a seguir para que serve todo esse curso.

Para que serve o curso de direção defensiva?

O curso de direção defensiva serve para educar o condutor, seja para transporte casa-trabalho-casa ou para atividade profissional, e torná-lo apto a dirigir com segurança em qualquer situação.

Dessa forma, o motorista irá aprender durante o curso quais as melhores estratégias e reações para manter em segurança ele e os que estão ao seu redorAlém de desenvolver as soft skills que envolvem instruções para controle emocional.

motorista vai poder entender melhor como agir de forma segura durante engarrafamento, neblina, pedestre atravessando a pista, acidente de trânsito e em outras situações. E também a lidar com as adversidades, como confusões no trânsito e entre outras situações de risco.

Existem dois tipos de direção defensiva, a preventiva e a corretiva. Vamos entender no que consistem a seguir.

Direção defensiva preventiva

Na direção defensiva preventiva, o motorista toma todas as medidas possíveis para evitar riscos de acidente ou conflito 

Agir preventivamente, por exemplo, é fazer a manutenção do carro regularmente e manter a atenção voltada totalmente para a direção e para o trânsito.

Direção defensiva corretiva

Na direção defensiva corretiva, o motorista precisa contornar um risco para poder evitar um acidente ou diminuir o impacto negativo de uma situação inesperada. 

Um exemplo de ação corretiva é desviar a tempo de um animal que entrou repentinamente na pista ou agir rapidamente para evitar uma colisão traseira por conta de uma freada brusca do carro à frente.

Nesta etapa é que entra o bom entendimento de todos os itens de segurança do veículo, como por exemplo, saber usar de forma correta os freios ABS ou sistemas de freio do veículo, capacitar o motorista para não colocar o pé na embreagem quando for necessário freiar em situações inesperadas, controlar o veículo em caso de perda de tração, entre outras adversidades.

A seguir, vamos ver a durabilidade do curso.

Quanto tempo dura o curso de direção defensiva?

Para os condutores de passeio, o curso de direção defensiva tem a duração de 8 a 10 horas, segundo o DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito) 

Já para motoristas profissionais vai depender das exigências e normas de segurança de cada empresa, além disso, é importante primeiro avaliar o que se deve capacitar.

Há duas formas de fazer isso, uma delas é uso de questionários e a outra é analisar os relatórios dos sistemas de telemetria. Após esses dados organizados, deve-se desenvolver treinamentos direcionados para treinar o colaborador nos quesitos que ele for avaliado com pior desempenho.

Convidamos você a conhecer a metodologia da Academia do Trânsito que fornece uma jornada completa de treinamento, da teoria à prática, com uso de tecnologias imersivas como simuladores de direção e vídeos interativos. Clique aqui e conheça.  

Esperamos que tenha gostado do conteúdo

Lembre-se: direção defensiva é uma direção segura e econômica!

Até o próximo post.