Mobilidade

O que tem de novo na gestão de frota?

Escrito por: Morgania Crisna

Assim como todas as áreas, a gestão de frota, também sofre influência de novas tecnologias, além de mudanças em metodologias. Dessa forma, a pessoa gestor de frota mais do que ninguém precisa se atentar e manter-se atualizada.

Mobilidade inteligente

Além de cursos voltados para a área e mais investimento dentro das empresas, a gestão de frota passou por uma transformação digital.

Hoje, o setor conta com diversas opções tecnológicas para otimizar e facilitar os recursos da frota, entre telemetria, rastreadores mais eficientes e baratos, softwares de gestão mais inteligências etc.

Mas você deve estar se perguntando, qual a novidade nisso? Bom, muitas dessas ferramentas já são de grande conhecimento da maioria, porém, poucos se preocupam em se atualizar.

O efeito disto é que uma boa parte dos profissionais se especializa ou se acomoda com sistemas defasados. Logo, a inércia em buscar conhecimento irá provocar prejuízos na gestão da frota.

Somente com uma constante busca por conhecimento e atualização na área, é possível garantir uma mobilidade inteligente.

DICA: Posso falar o dia inteiro de novas tecnologias para a gestão de frota, mas, antes de tudo, é importante fazer o básico. A começar pela formalização dos procedimentos através da Política de Frotas  – comentei mais sobre esse assunto em um outro post que você pode ler clicando aqui. 

Mas o que tem de novo na gestão de frota? Bom, antes de tudo é importante mencionar que esse setor vem ganhando cada vez mais espaço e respeito dentro das organizações. 

Antes, quem tomava conta da frota normalmente era de outra área e agregava mais essa ‘responsabilidade’ na rotina diária, dessa forma, não conseguia concentrar todos os esforços na atividade e acabava não conseguindo apresentar bons resultados.

No final do dia, a frota terminava virando sinônimo de aumento de custo e problema dentro da empresa.

Com o tempo, as organizações enxergaram que essa área merecia mais atenção, respeito e profissionalismo.

Hoje a gestão de frota vem conquistando maior visibilidade, apoio e investimento de recursos como qualquer outra área, proporcionando também melhor capacitação e segurança para a pessoa gestor de frota.

A importância de modernizar a gestão da frota

Atualmente é inviável cuidar de uma frota sem telemetriaporém, algumas empresas são resistentes em investir nesta tecnologiaDesta forma, impossibilita aplicar uma metodologia para medir e saber como cada veículo está sendo utilizado.

É através da telemetria que se localiza o veículo com exatidão, mas além disso, e o mais importante, se garante a segurança do condutor através da análise do seu perfil de dirigibilidade e controle de infrações cometidas.

Outro ponto, se antes os motoristas eram vistos como uma mão de obra de baixo valor, com esses recursos, pode-se valorizar estes profissionais com bonificação por boa performance. Pois, com a telemetria e sistemas de gestão, será possível aplicar metas de desempenho para melhoria da eficiência e economia da operação.

Desta forma, o colaborador se sentindo mais valorizado dentro da empresa, permanecerá por mais tempo, assim, conseguirá mitigar o número de rotatividade de pessoal (turnover).

eBook Tríade da Gestão de Frotas

O gestor de frota precisa entender de capacitação dos motoristas

Falando em valorizar os motoristas, uma das formas mais eficazes de o fazer é mantendo o profissional motivado, investindo em conhecimento e reciclagem, por exemplo.

Por isso, o treinamento para condutores também se tornou essencial para garantir segurança e engajamento em relação aos objetivos organizacionais.

Acredito também, que a pessoa gestor de frota, precisa se atualizar sobre as novas metodologias de treinamento. Como dito, muitas áreas passaram por transformação tecnológica e a de treinamento foi uma delas. Para isso, recomendo a leitura: Treinamento para motoristas: Guia completo para capacitação de frotas.

Sistemas para uma gestão sustentável

Assim como a telemetria, vieram os cartões de combustível e a gestão do pedágio. Novas ferramentas que facilitaram o gerenciamento dos custos de cada veículo. Sendo assim, a pessoa gestor de frotas conseguirá por mais energia nas estratégias e, trabalhar os pontos específicos a fim de reduzir custo.

Seja com a melhor definição de rotas, otimização de recursos, melhor escolha de combustível e, de quebra, contribuir para redução de emissão de gases ao meio ambiente. Nascendo assim, a gestão de frota sustentável.

Outra novidade, são sistemas criados e desenhados para a gestão de transporte. Antes os responsáveis pela gestão da frota precisavam adequar sistemas pensados para outras áreas.

Hoje, existem ferramentas criadas para administração de ativos com automação de processos, digitalização de checklists, armazenagem de todo o histórico de cada veículo e, o melhor, tudo integrado. Evitando assim, trabalhar com várias ferramentas ao mesmo tempo de forma descentralizada.

Gestor de frota mais longe da operação e com foco na estratégia

Dessa forma, o gestor ganha mais produtividade e tempo para as ‘atividades nobres’ da operação, como traçar estratégias, analisar indicadores e melhorar a tomada de decisões.

Com tudo isso, é possível saber quanto cada recurso representa dentro da operação, o que fazer para equilibrar e reduzir custos e até qual o melhor momento para desmobilização desse ativo.

“Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável.” Frase de Galileu Galilei.

Terceirização da frota

Um grande destaque para as novidades da gestão de frotas, é que atualmente a aquisição de ativos é coisa do passado. Com centenas de players no mercado oferecendo locação de veículos com manutenção e gestão integradas, por que investir tempo e, principalmente, dinheiro na compra de ativos?

Com a locação, o empresário libera mais recursos (caixa) para investimento, direciona todo o seu esforço para a atividade núcleo da empresa e ainda conta com veículos mais novos para a operação.

Além disso, existe também plataformas que integram todos esses fornecedores e, de forma simples e centralizada, mostra todas as informações para a escolha do melhor parceiro em cada especialidade.

Conclusão

Quem tem muito tempo nessa área, sabe como foi difícil chegar até aqui e, claro, sabemos que ainda tem muito para melhorar.

Mas é importante celebrar as conquistas e continuar batalhando para resultados cada vez melhores.

Por isso, é essencial utilizar tudo que se tem disponível no mercado para uma frota mais eficiente, produtiva e sustentável.

A boa notícia, é que atualmente existem ótimas empresas à disposição para garantir isso: telemetria, gestão de combustível, treinamentos, pedágio, locadoras e empresas que apoiam a pessoa gestor de frota com aprimoramento, visibilidade e networking.

A partir disso, é esperar e se preparar para o que vem por aí como veículos autônomos, elétricos e muito mais.

Meu nome é Morgania Crisna, sou especialista em frota com mais de 12 anos de experiência com passageem empresas do segmento de telecomunicações e atacadista. Enquanto gestora, minha prioridade é a segurança do condutor, afinal de contas, nós somos gestores de vida e precisamos garantir que o condutor volte bem para casa todos os dias.

Fique à vontade para fazer sua pergunta aqui no blog ou me chamar no Linkedin.