imgheight="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=368964349309808&ev=PageView&noscript=1" /

6 tendências para ESG no transporte de cargas

É cada vez maior a preocupação com o impacto ambiental causado pelas atividades empresariais, e isso também chega ao transporte de cargas. Por isso, o ESG no transporte se torna uma medida necessária para o desenvolvimento saudável da empresa.

ESG é um termo derivado do inglês “Environmental, Social and Governance”, que em português quer dizer “Ambiental, Social e Governança”. A sigla representa um conjunto de práticas voltadas para a empresa tornar-se uma instituição com preocupação ambiental e social e administrativamente responsável.

Quer saber mais sobre a importância do ESG no transporte? Então, continue a leitura!

Como praticar ESG no transporte  

No contexto do transporte, o ESG desempenha papel fundamental para práticas mais conscientes, reduzindo os impactos causados sobre as comunidades locais e no meio ambiente.

Na parte ambiental, deve-se considerar que o setor de transporte é uma fonte significativa de emissões de gases de efeito estufa e poluentes atmosféricos. Adotar práticas e tecnologias mais sustentáveis como veículos elétricos, biocombustíveis e eficiência energética, contribui para a redução do impacto ambiental.

Em relação à questão social, o transporte muitas vezes afeta comunidades locais, seja por infraestrutura, emissão de poluentes ou questões de segurança. Empresas comprometidas com práticas sociais responsáveis devem procurar minimizar esses impactos.

No aspecto governamental, empresas de transporte devem incorporar práticas para garantir transparência e responsabilidade ética, como conselhos de administração com membros internos, externos e representantes dos trabalhadores.

6 tendências do ESG no transporte  

1. Veículos elétricos e alternativos  

A adoção de tecnologias mais limpas e eficientes é crucial para reduzir as emissões de carbono no setor de transporte. Com o avanço da tecnologia, o mercado de veículos elétricos se torna cada vez mais comum no dia a dia das pessoas e pode ser empregado de maneira estratégica em empresas.

A transição para veículos elétricos e outras formas de transporte de emissão zero é uma tendência crescente. Isso não se limita apenas a carros, mas também a ônibus e caminhões. Essa forma de ESG no transporte é uma tendência fundamental que permite colaborar com o meio ambiente diminuindo as emissões de gases poluentes.

2. Transparência e rastreabilidade  

Relatórios detalhados sobre as iniciativas ambientais, sociais e de governança estão se tornando essenciais para atrair investidores e consumidores conscientes. Ter uma estrutura transparente e realizar o rastreamento das atividades dos motoristas proporciona um maior controle da operação.

Uma possibilidade seria a utilização de tecnologias que permitam o acompanhamento em tempo real do desempenho dos veículos. Dessa forma, seria possível verificar pontos de melhoria e intensificar as ações que consideram as questões ambientais e sociais.

3. Conscientização dos motoristas e condições de trabalho

O ESG no transporte também deve considerar a parte social da atividade: é importante ter foco na redução de gases poluentes, mas olhar para as condições de trabalho dos motoristas é igualmente importante. Além disso, a capacitação deles é fundamental para que possam saber como exercer ações ambientais e sociais no trabalho.

Profissionais da frota bem treinados são mais conscientes sobre seu papel na empresa e como executá-lo de maneira eficiente, costumam desempenhar melhor suas funções e ser mais colaborativos com os colegas de equipe, proporcionando um ambiente de trabalho agradável a todos e favorecendo o clima organizacional da empresa.

Porém, além de treinamentos e capacitação, é necessário oferecer condições de trabalho que estejam de acordo com o bem-estar do trabalhador. A aplicação do ESG no transporte pode incluir práticas como:

  • promover treinamentos ou palestras que incentivem os motoristas a não realizar carga horária exaustiva;
  • incentivar motoristas a não utilizar entorpecentes durante o trabalho e a fazer pausas para descanso.

4. Repensar as interações com o público

Ainda no aspecto social, a interação com o público é um ponto importante do ESG no transporte. Oferecer treinamentos e estabelecer programas de desenvolvimento focados na busca por maior interação social e uma comunicação aberta pode ser uma boa alternativa para alcançar maiores resultados.

Além disso, a construção de relacionamentos com o público externo, como as comunidades locais, envolve minimizar impactos negativos, investir em infraestrutura local e apoiar iniciativas sociais.

5. Integração de tecnologias digitais  

A integração de tecnologias digitais é uma grande tendência do ESG no transporte. Tecnologias inovadoras como a Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial e análise de dados estão sendo aplicadas para melhorar a eficiência operacional, a segurança e a sustentabilidade no setor de transportes.

A adoção de tecnologias integradoras proporciona o gerenciamento eficiente da frota, promovendo o  benefícios como:

  • acompanhamento em tempo real da frota;
  • identificação de motoristas que não cumprem com a carga horária de trabalho correta.

6. Investigue a cadeia de fornecedores  

Outro ponto importante quando pensamos em ESG é a investigação de toda a cadeia de fornecedores da empresa, pois quando nos preocupamos em agir eticamente com as pessoas e com o meio ambiente não podemos consumir produtos de uma empresa que não tem os mesmos valores éticos.

Um exemplo simples disso seria verificar se os alimentos servidos aos funcionários em almoços da empresa ou em comemorações pontuais não vem de plantações que utilizam trabalho análogo à escravidão.

Conte com a Younder!  

A Younder é especialista em treinamentos para o desenvolvimento de condutores conscientes que trabalham para alcançar maiores resultados na empresa.

Os treinamentos da Younder são essenciais nas ações de ESG no transporte da sua empresa, seja para promover uma direção mais inteligente ou para redução de gastos e impactos ambientais.

Empresas que adotam as tendências de ESG no transporte não apenas contribuem para um futuro mais sustentável como também estão melhor posicionadas para enfrentar os desafios e as oportunidades do mercado.Conheça as  soluções oferecidas pela Younder e aplique práticas ESG na sua frota!

Posts Relacionados