imgheight="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=368964349309808&ev=PageView&noscript=1" /

5 passos para fazer a avaliação de desempenho de motorista  

Fazer uma gestão de frotas eficiente passa pela avaliação de desempenho do motorista. A partir dessa análise, é possível identificar falhas e pontos de melhoria nas atividades realizadas pelo condutor.

As empresas de transporte realizam uma função essencial para o mercado brasileiro, pois são responsáveis por movimentar cargas de diferentes tipos por todo país, escoando produtos e fazendo a economia girar.

Possuir motoristas capacitados e com bom desempenho é primordial para promover uma experiência do cliente mais vantajosa e colher bons resultados na empresa. Por isso, elaborar a avaliação de desempenho do motorista deve ser uma prática presente nas empresas. Saiba como promover essa avaliação em sua frota neste artigo. Boa leitura!

Motivos para fazer a avaliação de desempenho do motorista  

O setor de logística envolve muitas estratégias utilizadas para buscar cada vez mais eficiência nas operações, por isso é necessária uma melhoria contínua dos processos.

Diante dessa perspectiva, realizar a avaliação de desempenho do motorista proporcionará o conhecimento de pontos de melhoria e aperfeiçoamento que podem ser empregados no time de frota.

Ao avaliar o desempenho do motorista, a gestão de frota poderá promover ações para maiores resultados deles e, assim, alcançar metas como:

  • Redução dos riscos de sinistros;
  • Redução do uso de combustível;
  • Economia de recursos;
  • Cultura de excelência;
  • Diminuição de gastos com multas por meio de uma direção consciente;
  • Motoristas mais capacitados.

Como funciona a avaliação de desempenho do motorista  

A avaliação de desempenho do motorista pode ser muito benéfica para a empresa, mas para realizá-la é preciso estabelecer parâmetros estratégicos para medir o desempenho. Os parâmetros estabelecidos precisam estar de acordo com os objetivos do seu negócio, ser claros, mensuráveis e facilmente entendidos por todos.

A avaliação de desempenho do motorista pode funcionar seguindo os seguintes os objetivos da empresa e as competências do motorista. Quando a abordagem foca nos objetivos da empresa, o motorista será analisado quanto aos seus resultados em relação às metas planejadas pela empresa.

Observando os resultados, o gestor identifica os problemas e traça soluções. Essa abordagem é importante para alinhar o comportamento do motorista com a realidade da empresa.

Tudo isso deve ser feito a partir da análise de indicativos, como a incidência de sinistros de trânsito, danos na carga ou consumo de combustível.

Já quando a abordagem considera as competências do motorista, o que será analisado são as suas habilidades técnicas ou comportamentais. Aqui, os parâmetros estabelecidos não alcançados podem ser transformados em tópicos para treinamentos e cursos de capacitação de motoristas.

Com o entendimento dessas variáveis, a empresa pode traçar uma avaliação de desempenho do motorista mais alinhada com suas expectativas.

Quais métricas utilizar na avaliação de desempenho do motorista  

As métricas utilizadas na avaliação de desempenho do motorista serão escolhidas de acordo com o objetivo da empresa. Ao ter objetivos de avaliação bem definidos, é possível traçar metas e métricas com maior efetividade. As métricas para utilizar nessa avaliação podem ser:

  • Satisfação do cliente: por meio de feedbacks;
  • Consumo de combustível: verificando se o consumo está sendo exagerado;
  • Atraso nas entregas: verificando quantas entregas foram realizadas sem atraso;
  • Comportamento de direção: verificando acelerações bruscas, frenagens, etc para avaliar o comportamento;
  • Cumprimento de rotas planejadas: verificando se as rotas estão sendo cumpridas;
  • Índice de sinistros : verificando o registro de ocorrências;
  • Índice de multas: verificandoquantas multas/infrações foram cometidas.

Avaliar essas métricas traz dados sobre o comportamento do motorista ao volante, seu tipo de direção e como realiza seu serviço. Assim, o gestor consegue incluir na rotina medidas para otimizar esses resultados.

5 passos para fazer a avaliação de desempenho do motorista  

Agora que você já sabe os fundamentos da avaliação de desempenho do motorista, leia o passo a passo que preparamos para incluí-la em sua empresa:

Estabeleça métricas  

As métricas são a principal forma de medir o desempenho dos motoristas da frota. Por isso, estabeleça métricas que realmente reflitam os objetivos da sua empresa. A partir delas você terá em mãos dados relevantes para realizar a avaliação de desempenho do motorista com assertividade.

Conte com a tecnologia  

A tecnologia deve ser sua grande aliada. Os processos de logística demandam muita estratégia e a tecnologia será muito útil para tornar algumas funções mais simples. Utilize, por exemplo, tecnologia no rastreamento de veículos para obter dados em tempo real dos motoristas, podendo analisar o seu desempenho com mais rapidez.

Ofereça feedback contínuo  

O feedback é importante para motivar e direcionar os motoristas da frota. No entanto, saiba que feedback deve ser construtivo, demonstrando pontos de melhoria de maneira humanizada e consciente.

A partir do feedback, o motorista passa a conhecer seus pontos fortes e áreas de oportunidade para se aperfeiçoar. Os treinamentos irão auxiliar o motorista a melhorar os aspectos apontados como oportunidades no momento de feedback.

Analise os dados  

Os dados são a principal fonte de informações sobre a logística. Possuir um banco de dados e realizar uma boa análise ajuda a identificar padrões de comportamento e entender como o estilo de direção de cada motorista impacta nos resultados da frota.

A análise de dados ainda auxilia a promover a manutenção preventiva dos veículos e prevenir prejuízos.

Implemente programas de incentivo  

Se o feedback consegue direcionar e motivar a equipe, os programas de incentivo irão engajar ainda mais o time. Eles podem ser aplicados para premiar aqueles motoristas que atingiram os resultados estabelecidos pela empresa, por exemplo.

Ao premiar esses motoristas, o sentimento de pertencimento aumentará em cada um, tornando-os mais engajados ao trabalho. Incentivando os bons resultados, você estimula a equipe, oferecendo motivos para que todos trabalhem com mais motivação.

Como os treinamentos podem ajudar a melhorar o desempenho dos motoristas  

Na correria do dia a dia, alguns aprendizados podem ficar esquecidos e isso contribui  para a má conduta no trânsito. Os treinamentos, além de refrescarem a memória dos motoristas, ainda promovem a sua capacitação.

Empresas que oferecem treinamentos para seus condutores de frota tornam-se mais competitivas no mercado por possuírem um time alinhado com as necessidades do negócio e com habilidades específicas que auxiliam na tomada de decisão.

Oferecer treinamento para os motoristas melhora os resultados da avaliação de desempenho de motorista da sua empresa, além de contribuir com os resultados de todo o setor de frotas e logística.

Conheça os treinamentos da Younder para sua empresa. Você pode, junto com os especialistas Younder, elaborar o treinamento de acordo com os seus objetivos.

Visite o site da Younder e saiba promova maiores resultados na avaliação de desempenho de motorista da sua empresa.

Posts Relacionados