Treinamento para frotas

Reciclagem dos condutores da frota: por que é importante manter esse processo?

Escrito por: Morgania Crisna

Aplicar capacitação e treinamento constantes com foco na reciclagem dos condutores de frota é um dos grandes diferenciais de uma operação econômica e eficiente.

Apesar de serem detentores de muito conhecimento e experiência acumulados, é importante realizar treinamentos de reciclagem dos condutores da frota de forma recorrente para o aprimoramento, atualização e compartilhamento de aprendizados entre os membros da equipe.

Dois motivos reforçam isso:

1 – O mais óbvio, mantê-los atualizados; e

2 – Como uma forma de motivá-los, mostrando como são importantes para a organização.

Como manter o engajamento nos treinamentos

Para uma melhor efetividade dos treinamentos, é importante mapear e conhecer o time, a fim de fornecer soluções personalizadas para a equipe como linguagem, formatos de aprendizagem e os pontos em que cada condutor deve trabalhar mais.

Além disso, após a realização do curso, também deve-se acompanhar a evolução de cada um e monitorar se as questões apontadas no treinamento foram melhoradas na prática.

Essa medida deve-se tornar frequente, e ser parte da cultura de segurança da empresa.

Por que a reciclagem dos condutores da frota é importante?

Com a reciclagem dos condutores da frota, os motoristas ou motociclistas aprendem questões essenciais para a produtividade da empresa, manutenção dos veículos e o mais importante: direção defensiva para prevenção de acidentes e segurança no trânsito.

Um indicativo da forma como os condutores se comportam, por exemplo, é a quantidade de multas cometidas.

Quem dirige bem sabe o quanto o trânsito pode ser perigoso, pois um acidente tem chance de acontecer em fração de segundos.

Cientes que 90% dos acidentes são resultados de falta de atenção e desrespeito às leis, por isso é essencial dirigir de forma atenta e responsável, minimizando riscos, procurando ‘prever’ para assim evitá-los.

eBook Tríade da Gestão de Frotas

Sistema de reconhecimento e recompensa

Além dos treinamentos e reciclagem dos condutores da frota. Uma excelente forma de manter o engajamento é com sistemas de recompensa e reconhecimento, através de rankings do condutores e premiações previamente estabelecidos com a equipe.

Um estudo feito pela ISMA (International Stress Management Association) revelou que 89% dos profissionais se queixam de estresse por falta de reconhecimento.

Esteja próximo do seu time, pois os desafios naturalmente estimulam a busca de bons resultados.

Vale lembrar que é importante criar metas plausíveis, com faixas de pontuação e sempre orientar os condutores quanto as falhas para que tenham consciência e possam corrigir.

Lembre-se: políticas de premiação têm se mostrado mais eficaz na motivação de profissionais do que o foco em punição para imprudências.

Exemplos de boas práticas no trânsito

Para uma direção segura e responsável, é necessário:

  • Manter uma distância de segurança dos outros veículos;
  • Evitar farol alto para não causar prejuízo à visão de outros condutores;
  • Não trafegar devagar demais para não se tornar um obstáculo no trânsito;
  • Não exceder o limite de velocidade da via;
  • Respeitar as sinalizações;
  • Nunca utilizar o celular enquanto estiver dirigindo.

Conforme mencionado no início do texto, além de tudo isso, a forma como o motorista dirige está diretamente ligada ao resultado do negócio.

Afinal de contas, desde que o condutor dirija de forma segura, ele está garantindo a entrega da atividade e preservando os componentes do veículo, além de economia em combustível.

Por esses motivos, a direção econômica acaba sendo uma consequência da direção defensiva.

Sinais que indicam necessidade da reciclagem dos condutores da frota

Aceleração, frenagens bruscas, dirigir na ‘banguela’ e trocas de marcha em momentos errados são vícios muito comuns entre os motoristas que acabam aumentando os custos da frota.

É importante estar atento a esses sinais para realizar algumas atitudes e, assim, garantir a utilização eficiente dos veículos. Veja abaixo algumas sugestões:

  • Usar as marchas corretamente: Quanto maior o número de rotações por minuto, maior o consumo de combustível, por isso é importante fazer com que o motor funcione em rotações mais baixas na medida do possível;
  • Manter os pneus calibrados: Esse é um dos fatores que influencia muito no consumo de combustível, um pneu descalibrado gera mais atrito entre o veículo e o asfalto, o resultado é esforço maior do motor;
  • Manter a manutenção preventiva do veículo em dia: Isso evita maior gasto com manutenções corretivas e emergenciais;
  • Fazer bom uso das tecnologias disponíveis como aplicativos de navegação etc;
  • Estar preparado para as condições adversas do trânsito, como: ofuscamento da visão por faróis altos, falta de visibilidade da pista, chuvas intensas, neblina, vias em circunstâncias inadequadas e problemas mecânicos e elétricos com o veículo.

Conclusão

Enfim, cada vez mais empresas vem entendendo que é essencial manter colaboradores capacitados e motivados. Tanto que isso, já foi comprovado que afeta diretamente a produtividade na realização de atividades e alcance de objetivos.

Uma forma interessante de fazê-lo é mantendo aprendizagem e engajamento desses funcionários através de cursos de reciclagem e compartilhamento de informações.

Além da motivação, a organização garante maior comprometimento e segurança de que todos tem oportunidade de realizar suas atividades no melhor padrão possível.

Meu nome é Morgania Crisna, sou especialista em frota com mais de 12 anos de experiência com passageem empresas do segmento de telecomunicações e atacadista. Enquanto gestora, minha prioridade é a segurança do condutor, afinal de contas, nós somos gestores de vida e precisamos garantir que o condutor volte bem para casa todos os dias.

Fique à vontade para fazer sua pergunta aqui no blog ou me chamar no Linkedin.