Treinamento e Desenvolvimento

People Analytics: entenda o conceito e suas vantagens para a gestão de pessoas

Escrito por: Edemaike Silva

O objetivo do people analytics é analisar os dados para tomar decisões estratégicas de como a equipe e cada colaborador pode desempenhar melhor o seu papel.

A prática de People Analytics vem transformando os processos de gestão de pessoas dentro das empresas.

Isso porque com a aplicação de uma metodologia de análise de dados baseada no uso de novas tecnologias, agora é possível desenvolver um setor de recursos humanos mais estratégico, tecnológico, digital e orientado por dados.

As novas tecnologias e HR techs (startups de Recursos Humanos) ajudam as empresas a superarem desafios da gestão de pessoas através de análise de dados, como elevar o nível de produtividade, otimizar equipes, melhorar a satisfação dos funcionários e realizar recrutamentos inteligentes.

Neste artigo, você vai entender como o conceito de people analytics funciona na prática e o que fazer para implementá-lo. Continue lendo!

Entenda o que é o People Analytics

A gestão de RH tornou-se uma área estratégica para o crescimento das organizações. Afinal, sabemos que o desempenho dos profissionais em suas funções é essencial para que a empresa cumpra seu planejamento estratégico.

Bem, o People Analytics é uma metodologia para fazer a gestão de pessoas com base na coleta, gestão e análise de dados.

Seu objetivo é analisar os dados para tomar decisões estratégicas de como a equipe e cada colaborador pode desempenhar melhor o seu papel.

Estamos acostumados com um setor de gestão de pessoas que toma decisões com base na experiência dos profissionais da área, na opinião e intuição das lideranças. Tudo isso pode ser levado em conta, de fato.

No entanto, um processo com base em People Analytics vem para otimizar o setor, trazendo eficiência para os processos uma vez que conta com análise de dados tanto sobre os profissionais quanto sobre o mercado.

Aplicar o conceito de People Analytics significa aumentar o potencial de tomada de decisão inteligente e ações estratégicas da empresa, por isso é uma tendência de inovação para o mundo corporativo.

Conheça o cenário brasileiro de big data para gestão de pessoas

Na era digital, sabemos que o desafio de boa parte das empresas é lidar com o gerenciamento, armazenamento e tratamento de dados que impactam os negócios no dia a dia.

Portanto, a tecnologia que se propõe a cuidar disso é a Big Data.

Na área de Recursos Humanos, a aplicação de Big Data possibilita uma abordagem com base no people analytics e serve para ajudar a gestão a coletar e tratar de dados relativos ao desempenho dos colaboradores.

Além disso, esse uso de dados também favorece contratações mais alinhadas com o perfil e necessidades da organização, bem como a análise e retenção de talentos, melhores avaliações de desempenho e redução de custos operacionais.

A tecnologia de Big Data transformou o setor de marketing no Brasil e agora promete causar também  uma disrupção no setor de Recursos Humanos.

De acordo com relatório publicado pela Research and Markets, o mercado global de HR Analytics deve chegar a US $3.9 bilhões até 2025. Hoje, o maior desafio é capacitar os profissionais da área para lidarem com essas novas tecnologias e desenvolverem um perfil analítico com a ajuda de novas ferramentas.

Saiba para que serve o People Analytics

Para resumir, aderir uma metodologia de gestão de pessoas com base em People Analytics serve para ajudar a sua empresa a ser cada vez mais eficiente.

No processo seletivo de novos funcionários, por exemplo, é possível fazer uma triagem inteligente dos candidatos.

Enquanto que, para criar ações de engajamento dos colaboradores, você pode contar com análise de dados de produtividade para extrair insights.

Ou seja, People Analytics é uma abordagem da gestão de recursos humanos que colhe e analisa dados antes de tomar decisões mais estratégicas para melhorar a eficiência da empresa.

Entenda as vantagens de utilizar big data na gestão de pessoas

Contratar de forma mais inteligente

Os processos seletivos são um grande desafio das organizações na hora de encontrar o profissional com as habilidades necessárias e que tenha fit cultural com a empresa.

Com base no levantamento de dados, é possível identificar qual é o perfil de colaborador ideal para integrar seu quadro de funcionários, realizando assim contratações mais inteligentes.

Por isso, através de uma preparação de processo seletivo com base em People Analytics, sua equipe consegue traçar o perfil ideal, orientado por dados, tornando a contratação mais assertiva e ajudando a identificar as melhores oportunidades para as vagas em aberto.

Manter os colaboradores engajados

Com base nos registros e histórico de engajamento de cada funcionário com a empresa, é possível entender o que mais motiva cada membro da equipe.

Por isso, o People Analytics permite armazenar os dados, de forma que quando você precisar tomar decisões para criar treinamentos e ações para engajar os colaboradores, você saiba qual o melhor tipo de atividade de acordo com cada perfil de colaborador.

Otimizar processos de recrutamento e retenção de talentos

A etapa de recrutamento é muito importante e costuma tomar bastante tempo das equipes de RH, por isso é importante olhar para as soluções de People Analytics que podem otimizar os processos, reduzindo o esforço operacional da equipe.

Por exemplo, é possível realizar triagem de candidaturas e currículos com o uso de ferramentas de inteligência artificial para trazer mais agilidade.

Acompanhar a produtividade

Com ferramentas de gestão alinhadas à metodologia de People Analytics, é possível acompanhar dados de produtividade da sua equipe.

Muitas pessoas pensam que isso pode ser invasivo e alguns funcionários sentem medo, mas é fácil perceber que o acompanhamento da produtividade também pode ser uma forma da empresa atentar para o que pode fazer para melhorar as condições de trabalho, o desenvolvimento e bem-estar do funcionário.

Agir de forma estratégica

Com base nos dados das pessoas que trabalham numa organização, é possível saber muito sobre a empresa.

Além disso, criar um histórico e até mesmo fazer previsões sobre o seu desempenho.

O potencial do People Analytics está justamente na ampliação da visão estratégica de um setor como o de recursos humanos, que é extremamente importante, mas que precisa de um empurrão para se tornar mais tecnológico e estratégico.

Conheça o processo de implantação do People Analytics

Estabeleça um objetivo

Em primeiro lugar, é importante envolver a liderança e a gestão para fazer o planejamento estratégico da implementação, a fim de adequar os processos e a cultura da empresa ao People Analytics.

Além disso, com o grande número de possibilidades que se abrem com a captação e análise de dados, é importante definir quais serão os primeiros aspectos a serem trabalhados pela organização.

Planeje os dados a serem colhidos

Com a definição de objetivos, é hora de identificar quais dados precisam ser levantados.

Sem um objetivo claro, como tornar o recrutamento mais ágil ou aumentar a produtividade dos funcionários do setor de vendas, a gestão de RH pode acabar se perdendo entre tantas informações disponíveis.

Colete os dados necessários

Nesta etapa será preciso definir os processos para coleta de dados, ou seja, quais ferramentas serão utilizadas para levantar dados sobre a organização e a respeito do perfil e produtividade dos funcionários.

Um ponto de atenção é a padronização dos dados, que costuma ser um grande desafio para as empresas que possuem diversas fontes de informação.

Defina as métricas e indicadores

Para tomar decisões com base em dados, é preciso definir previamente as métricas e indicadores de sucesso que melhor representam o que você está monitorando e que impacta nas suas decisões.

Para isso, será interessante contar com uma equipe com experiência em análise de dados para não acompanhar as métricas erradas ou tirar conclusões equivocadas dos projetos.

Cruze os dados colhidos com as métricas e indicadores

Finalmente, é chegada a hora de analisar os dados. Nessa etapa da implementação de People Analytics é hora de realizar as análises, de fato.

Para isso você pode contar com dashboards das ferramentas que você escolheu e com os relatórios gerados por cientistas de dados para revisar os objetivos, comparar indicadores e extrair insights.

Planeje ações futuras

É importante ter em mente que nem todos os dados gerados terão ações correspondentes a serem feitas, muita coisa pode servir apenas para que a equipe de recursos humanos conheça mais profundamente como a empresa funciona por si só.

Por outro lado, com as análises em mãos, é hora de planejar as ações do RH para promover melhorias para os funcionários ou para os processos internos da empresa com base nos indicadores e métricas definidas na implementação do projeto.

Conclusão

Ao implementar processos de People Analytics, a sua empresa estará realmente aderindo a uma transformação digital para a cultura da empresa.

É claro que a sua equipe vai encontrar muitos desafios no caminho, mas essa decisão estratégica é uma oportunidade para tornar a sua empresa mais inteligente, ter processos lógicos e desenvolver uma cultura organizacional sólida.

Quer entender mais sobre como trazer melhorias de gestão de pessoas para a sua empresa com base no perfil do seu colaborador? Então clique no botão abaixo e fale com um dos nossos especialistas. .