Gestão de Frotas

Manutenção preventiva: 3 indicadores para reduzir os custos da frota

Escrito por: Equipe Younder

A Manutenção Preventiva faz parte do cotidiano das melhores frotas brasileiras, pois além de reduzir o custo da operação, ela também traz melhorias na produtividade da empresa e mais segurança para seus funcionários.

Isso porque essa é uma das práticas mais importantes para manter a manutenção da frota em dia para evitar problemas que geram atrasos não só na área produtiva da frota, mas também aumentos no orçamento e insegurança para os condutores.

Por isso, separamos 3 indicadores de que a manutenção preventiva reduz os custos da frota e que vão te ajudar a saber porque esta é uma das melhores práticas para gestão de frotas. Mas antes, é preciso entender o que é manutenção preventiva e os principais benefícios de adotar esta prática. Confira abaixo!

O que é Manutenção Preventiva para Frotas na prática?

Na prática, a Manutenção Preventiva é a checagem e revisão dos veículos com o objetivo de melhorar o custo-benefício de manutenção da frota.

Além disso, é preciso salientar que muitos gestores de frotas esperam dar algum problema no veículo para fazer os reparos, levar numa oficina ou lembrar de fazer a revisão.

Se na sua empresa a preocupação com a manutenção só chega na hora de resolver uma bronca, então estão praticando a chamada manutenção corretiva que é aquela não planejada e que vem acompanhada de dor de cabeça, gastos orçamentários e mal funcionamento da frota.

Já a manutenção preventiva, antecipa a probabilidade de falha do sistema de freios, o aquecimento inadequado do motor, aumento do consumo de combustível, danificação de amortecedores e desgaste irregular dos pneus, dentre outros problemas.

E é preciso lembrar também de manter todos esses processos de manutenção registrados para acompanhar a performance da frota e analisar quais pontos estão gerando mais problema.

eBook Tríade da Gestão de Frotas

Por que os melhores gestores de frotas adotam a manutenção preventiva?

Você sabe que sempre haverão emergências inevitáveis, mas existe a possibilidade de manter uma prática de redução de risco dos desastres e essa também é uma obrigação que o gestor de frota precisa estar atento.

Dessa forma, o ideal é não esperar o problema acontecer, prevendo a manutenção no radar como parte da operação. É neste momento onde deve ser elaborado um controle periódico a fim de otimizar o tempo produtivo da frota e reduzir os custos de manutenção e de funcionário parado.

Pois, além da economia gerada pela adoção da manutenção preventiva, um outro ponto também importante para o gestor de frota é conseguir evitar a ociosidade de máquinas e a suspensão da cadeia de logística da empresa. E com planejamento, é possível reduzir os impactos nessas áreas.

Conheça 3 indicadores de que a manutenção preventiva reduz os custos da frota

Economia sem gastos inesperados com problemas maiores:

Por um lado, todo mundo quer manter o bom estado dos veículos e fazer a frota funcionar por mais tempo, e a manutenção preventiva é um dos principais recursos que a empresa tem para garantir isso.

Os gastos com reparo são sempre maiores devido à urgência e até mesmo ao processo avulso de contrato do serviço. Por isso, adotar a manutenção preventiva faz com que a empresa veja a redução dos custos de manutenção da frota no curto, médio e longo prazo. A longo prazo reduz até mesmo os gastos com a renovação da frota.

Também é importante manter esse controle não apenas para preservar o veículo, mas também para manter a sua eficiência produtiva. Afinal, toda empresa busca a produção máxima com custo mínimo de reparo. E quando falamos sobre a frota de veículos da sua empresa, é sempre bom ter como objetivo a excelência e organização do serviço.

Otimiza o tempo produtivo de funcionários

Os maiores ativos da sua empresa são seus funcionários e seus veículos. Sem planejamento, uma urgência significa perda de dinheiro num dia útil – e que poderia ter sido evitada com a manutenção preventiva.

No dia a dia, por exemplo, um superaquecimento do motor pode deixar um motorista na rua por horas, impactar nas entregas, acarretar em atrasos e na reputação da sua marca com o cliente.

Fica claro que quando você tem uma rotina de prevenção, diminui-se o tempo que o carro e o funcionário ficariam parados em tempo ocioso. E com planejamento, é possível manter a capacidade operacional e entregar o máximo de qualidade para seus clientes.

Previne acidentes custosos e preserva a vida dos funcionários

É certo que ter funcionários é uma grande responsabilidade. Diante dos acidentes de trabalho, além da preocupação com a saúde do colaborador, você ainda precisa lidar com burocracias e gastos com a manutenção corretiva não planejada.

Por isso, toda empresa precisa adotar medidas para uma frota segura a fim de reduzir os riscos de acidentes.

E em paralelo à manutenção preventiva da frota, a empresa também precisa oferecer  treinamentos de segurança e reciclagem de condutores, assim como o curso de direção defensiva, para garantir condutores prudentes.

Faça o certo e melhore o desempenho da frota

“É melhor prevenir do que remediar.” Quem nunca ouviu essa frase? Levando em conta a realidade das vias no país, onde as estradas e avenidas estão cheias de avarias, é ainda mais importante prestar atenção à manutenção da frota.

Para além da segurança dos funcionários, a manutenção preventiva tem um papel essencial na redução de custos da frota. Afinal, já vimos que esta prática é capaz de conservar os veículos, otimizar processos e evitar acidentes que representam gastos inesperados.

Quer saber mais sobre como reduzir os custos da sua frota trazendo capacitação para seus colaboradores? Então clique aqui e fale com um dos nossos especialistas.