Treinamento e Desenvolvimento

O que é employee experience e como implementar na empresa

Escrito por: Equipe Younder

A employee experience é uma estratégia de gestão de pessoas que tem como objetivo conquistar um maior engajamento do colaborador e melhorar a retenção de talentos dentro da empresa.

Você sabia que o conceito de employee experience passou a ter a atenção das organizações nos últimos anos?

Isso acontece porque a nova geração de trabalhadores prefere escolher onde deseja trabalhar.

Por isso, pensar em ações para atrair e reter talentos é uma preocupação cada vez mais constante nas empresas.

Nesse cenário, proporcionar a satisfação e a motivação do funcionário garante que ele se engaje mais com a empresa, trazendo resultados efetivos, como aumento da produtividade.

Além do mais, evita que a gestão de pessoas esteja sempre precisando realizar recrutamento e candidatos que se encaixem na cultura da empresa.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o que é employee experience e como implementar esse modelo na empresa para atrair e reter talentos. Continue a leitura!

Entenda o que é a employee experience

A employee experience, ou experiência do colaborador, nasceu dos preceitos relacionados à experiência do cliente, sendo adaptada para o cenário interno das organizações.

Trata-se de uma estratégia de Gestão de Pessoas que tem como objetivo conquistar um maior engajamento do colaborador e melhorar a retenção de talentos dentro da empresa.

Nesse cenário, o setor de Gestão de RH é o responsável por criar estratégias e implantar o employee experience na empresa.

E um dos principais objetivos é aumentar o nível de satisfação do funcionário, elevando o engajamento dele com ações, treinamentos e atividades.

Além disso, se bem aplicado, o employee experience é capaz de transmitir ao público interno os valores organizacionais, fazendo com que eles sejam vivenciados no dia a dia de forma efetiva e também positiva.

E como consequência, a empresa pode se tornar mais competitiva, além de aprimorar o seu processo gerencial, o que otimiza também toda a sua cadeia produtiva.

Qual a importância da employee experience

A employee experience é capaz de promover uma série de benefícios para os funcionários da empresa.

Com isso, eles se sentem mais motivados, satisfeitos e engajados, comprometendo-se mais com as metas e objetivos estabelecidos, o que resulta em importantes diferenciais competitivos para o negócio.

Além disso, quando os funcionários permanecem mais tempo na organização, isso também significa uma grande economia de recursos.

Saiba os benefícios de adotar a employee experience

A employee experience traz diversas vantagens para as organizações que a adotam.

É por esse motivo que diversas companhias estão repensando a sua relação com seus funcionários. Veja a seguir!

Promove o employer branding

O conceito de employer branding, ou seja, marca empregadora, faz parte do movimento de transição do RH tradicional para o estratégico.

Ou seja, é quando a marca empregadora adota ações para tornar mais forte a sua imagem como um bom lugar para se trabalhar, passando uma experiência positiva para seus colaboradores.

Dessa forma, o negócio tem a sua marca e reputação fortalecidas no mercado, o que colabora para a atração dos melhores talentos do mercado.

Reduz a rotatividade de pessoal e absenteísmo

Como já adiantamos, empresas que investem em employee experience conquistam a satisfação do colaborador e, com isso, eles tendem a permanecer mais tempo na organização.

Além disso, faltam menos ao trabalho, o que reduz as taxas de absenteísmo.

Como consequência, a empresa aumenta a sua produtividade, ao mesmo tempo em que eleva a qualidade de suas entregas.

Constrói um clima corporativo favorável

Uma das iniciativas do employee experience é melhorar a comunicação na empresa, horizontalizando o fluxo de informações.

Dessa forma, os relacionamentos interpessoais são mais incentivados, e a promoção do diálogo, principalmente entre líderes e liderados, contribui para a melhora do clima organizacional.

Diminui os custos com Recursos Humanos

Durante muitos anos, o setor de Recursos Humanos foi visto como uma área que apenas gerava despesas.

Atualmente, com o fortalecimento da área de Gestão de Pessoas, o setor caminha a passos largos para se tornar cada vez mais estratégico dentro das organizações.

Assim, ao adotar a employee experience e ter as taxas de rotatividade de pessoal (turnover), absenteísmo e as demandas de contratações de reposição de funcionários  diminuídas, a empresa consegue reduzir os custos com processo seletivo, quebra de contratos, dentre outras situações.

Como fazer uma jornada do colaborador de forma eficaz

Para usufruir de todos os benefícios citados anteriormente, é necessário conhecer as demandas e necessidades dos seus colaboradores.

Com isso em mente, e tendo assegurada a contrapartida da empresa — ou seja, o apoio da alta gestão e os recursos financeiros necessários para a execução dos trabalhos — é possível fazer uma jornada do colaborador seguindo o passo a passo abaixo. Acompanhe!

Utilize o people analytics para dar base ao processo

Para conhecer melhor o perfil profissional de cada colaborador — ou seja, suas motivações e necessidades — é preciso fazer uma análise completa dos hábitos desses funcionários.

Além disso, é necessário compreender quais são os benefícios que cada trabalhador oferece para os resultados do negócio. E quais as expectativas que o colaborador espera com relação ao seu desenvolvimento com a tarefa que está disposto a realizar.

É possível fazer isso usando ferramentas de dados, como o People Analytics.

De posse dessas informações, é possível planejar e criar estratégias para melhorar sua employee experience.

Um ponto importante é ter como aliados os setores de Comunicação Interna e Marketing para promover o endomarketing na empresa.

Com isso, é possível investir em estratégias de motivação alinhadas com os interesses identificados no perfil dos colaboradores.

É importante reforçar que cada pessoa possui interesses individuais. Assim, é preciso pensar nas soluções que melhor atendam ao grupo.

Considere todos os pontos de contato dos colaboradores com a empresa

Você sabe qual é o ciclo dos colaboradores dentro da empresa?

Assim como é feito na experiência do cliente, quando pensamos em employee experience, também é fundamental traçar a jornada do colaborador.

Isso porque é através do desenho da jornada que é possível evidenciar falhas e também oportunidades de melhorias.

Afinal, ela é um exercício de mapeamento da vida dos profissionais dentro da sua empresa.

Ao adotar essa estratégia, é possível criar ações para reduzir a rotatividade de pessoal e encontrar outras maneiras de atrair talentos do mercado.

Isso sem falar que também é possível melhorar o processo de recrutamento e seleção, o que inclui o onboarding, que é o processo de entrada do colaborador na empresa, que envolve integrações, treinamentos e período de adaptação.

O offboarding, ou seja, o desligamento dos colaboradores, também deve ser considerado, e para isso é possível implantar as entrevistas de desligamento.

Com elas, você tem acesso a feedbacks importantes, e estes podem ser usados para melhorar os processos de Gestão de Pessoas da empresa e a experiência dos outros colaboradores da sua equipe.

Pratique a meritocracia

A meritocracia é uma forma dos colaboradores se estimularem a alcançar as metas individuais e coletivas estipuladas pela empresa. Até mesmo com um sistema de bonificação é possível sentir o reconhecimento das atividades realizadas pelo funcionário e estimular seu crescimento e esforço.

Isso gera uma maior satisfação entre a equipe, além de ser uma forma justa de promover o aumento de salário.

Invista em benefícios

Salário em dia e subsídios para alimentação e transporte são vistos hoje como itens básicos pela nova geração de trabalhadores.

Por isso mesmo, eles preferem trabalhar em empresas que proporcionem mais qualidade de vida para seus funcionários.

Alguns dos benefícios adotados por empresas que já implantaram a experiência do colaborador são:

  • trabalho home office;
  • auxílio academia;
  • auxílio para estudos (faculdade e pós-graduações);
  • jornada de trabalho flexível.

Desenvolva os liderados

Empresas que investem na educação de seus funcionários fortalecem a sua marca empregadora, promovem a atualização do time de trabalho e ainda garantem uma maior satisfação do público interno.

Isso incentiva o desenvolvimento das equipes de trabalho enquanto elas adquirem mais confiança e autonomia.

Ademais, contribui para o fortalecimento da cultura organizacional, já que promove o crescimento pessoal e profissional dos colaboradores.

Esse cenário gera valor para todos os públicos de relacionamento da organização, contribuindo para uma marca forte no mercado.

Esteja aberto à feedbacks e sugestões

Hoje em dia, as pessoas têm uma necessidade maior de se expressar, e também de entender como o seu trabalho contribui para a empresa como um todo.

Nesse sentido, é importante estimular o diálogo, promover reuniões periódicas e fazer avaliações de desempenho para ouvir os feedbacks dos funcionários e também dar as sugestões e opiniões da gestão para seus colaboradores.

Uma dica é fazer a pesquisa Employee Net Promoter Score (e-NPS), que é um indicador que mede a satisfação e lealdade dos colaboradores à empresa.

Aprofunde as necessidades através de pesquisas de empatia ou design thinking

Como já mencionamos, é possível conhecer as necessidades dos colaboradores usando ferramentas como people analytics e e-NPS.

Além disso, uma pesquisa do State of Workplace Empathy revelou que 93% das pessoas preferem trabalhar para um empregador empático.

Diante disso, fica evidente a necessidade de se investir em pesquisas de empatia ou design thinking para conhecer as necessidades mais profundas das equipes.

Isso gera insights para entender as motivações do público interno, o que ajuda a gestão de RH a traçar estratégias para assertivas para conquistar os resultados almejados pelo negócio.

Mensure e analise o processo desde o começo

Por fim, é preciso criar métricas e indicadores para mensurar os resultados do início ao fim dos processos.

Com isso, é possível prever novos cenários, corrigir ações e investir cada vez mais nas iniciativas que tragam mais resultados para a experiência do seu colaborador.

Viu como é possível implantar o employee experience na sua empresa e conquistar mais competitividade para o negócio? Seguindo essas dicas, todo o processo se torna mais rápido e também eficiente.

Quer saber como implementar uma employee experience na sua empresa? Então clique abaixo e fale agora com um dos nossos especialistas.