Treinamento equipes técnicas

EdTechs: um panorama sobre a evolução do ensino

Escrito por: Carlos Bafutto

O termo “EdTech” vem da união das palavras educação e tecnologia. Saiba como as EdTechs estão reinventando a aprendizagem.

A tecnologia já está presente em diversos aspectos da vida cotidiana de muita gente, sobretudo nos centros urbanos. Existe um aplicativo para praticamente tudo.

E nesse contexto as práticas relacionadas à tecnologia estão permeando o ensino com escolas cada vez mais conectadas. E não estamos falando das aulas de informática.

Saiba como as EdTechs estão reinventando a aprendizagem.

A tecnologia tem mudado as formas de ensinar e consumir educação com a aprendizagem em todos os campos do conhecimento se tornando bem mais interativa. Isso favorece a aquisição das habilidades profissionais mais importantes para o mundo atual.

Esse novo modelo de educação não conhece limites geográficos, pois pode chegar aonde houver Internet, e oferece ensino personalizado de acordo com as necessidades de aprendizagem do indivíduo.

Isso tudo com o amparo de recursos de Big Data que dá ao educador subsídios para compreender as formas mais eficazes de progresso dos alunos.

O que significa Edtech?

O termo “EdTech” vem da união das palavras educação e tecnologia. Serve para definir o uso de recursos tecnológicos como indutores do ensino. O termo se refere ao uso de processos e recursos tecnológicos para melhorar a educação.

Isso pode incluir produtos, aplicativos, ferramentas e plataformas online que aprimoram o aprendizado em si, ou mesmo, a forma que ele chega aos alunos.

As Edtechs já estão amplamente difundidas e todas as regiões brasileiras já contam com iniciativas inovadoras que atuam em diferentes segmentos. São instituições que vão da educação básica ao ensino superior, além de cursos livres, escolas de idiomas e cursos de educação corporativa.

Neste post vamos fazer um panorama das EdTechs e como elas vêm aprimorando a experiência de ensino / aprendizagem no país.

Afinal, elas trazem uma série de novas abordagens que estão mudando para sempre a forma como aprendemos!

Modelo de Briefing de Treinamento para Equipes

Para te ajudar criamos um modelo de briefing de treinamento para você baixar. Para isso basta preencher o formulário abaixo que encaminharemos no seu e-mail. 😉

Sugestão: Antes de baixar e montar o briefing, recomendamos a leitura completa deste post.

Em quais segmentos as EdTechs atuam?

Um estudo realizado em de 2019, pela Associação Brasileira de Startups – ABSTARTUPS apontou que naquele ano havia no Brasil 449 EdTechs. Elas estão subdivididas nas seguintes categorias:

  • 67.04% plataformas;
  • 26.28% ferramentas;
  • 14.03% conteúdos;
  • 2.23% serviços.

Ainda de acordo com o estudo, as EdTechs que oferecem esses tipos de serviços por meio da tecnologia atuam nos seguintes segmentos:

  • Educação Básica: 47%
  • Cursos Livres: 19%
  • Educação Corporativa: 8%
  • Ensino Superior: 6%
  • Ensino de Idiomas: 4%

O estudo da ABSTARTUPS mostrou também que 14% das EdTechs atuam em mais de um dos segmentos acima.

Quais são as tecnologias mais usadas pelas EdTechs?

Jogos Educativos: São os sistemas ou aplicativos que atuam na aprendizagem por meio de jogos. Para essa modalidade também são dados os nomes “Gamificação” ou “Gamification”;

Plataformas Adaptativas: São tecnologias e ferramentas digitais voltadas ao desenvolvimento de habilidades de forma personalizada;

Sistemas de Gerenciamento: São plataformas desenvolvidas para gerenciar o aprendizado, o conteúdo fornecido aos alunos ou mesmo os serviços de apoio à gestão de processos e atividades de uma instituição de ensino.

Sistemas de Informação: Plataformas ou sistemas que reúnem os dados e informações para realização de processos internos, administrativos e operacionais.

Quais as principais soluções oferecidas pelas EdTechs? 

Ferramentas de TICs – Tecnologia da Informação e Comunicação: TICs são os meios tecnológicos usados para tratar a informação e ajudar na comunicação.  Tratam-se de  sistemas que facilitam a troca de mensagens e de informações entre a instituição e os usuários da sua plataforma.

Distribuição de Conteúdo: plataformas e sistemas de vendas de cursos ou outros tipos de conteúdo.

Relatórios e Análises: Sistemas de gestão de dados reúnem informações e relatórios com compilação de dados e gestão analítica. Tais dados podem ser usados na escolha da melhor estratégia pedagógica  para os alunos.

Desenvolvimento de Habilidades Práticas | Técnicas: plataformas e sistemas que ajudam no desenvolvimento de habilidades complementares à carreira e ao ensino básico, ou no desenvolvimento de habilidades específicas.

Gestão Pedagógica: ferramentas para auxiliar na gestão de processos e dos alunos.

Plataformas de Vídeo: produção e distribuição de vídeos pertinentes à proposta didática.

VR – Realidade Virtual: tecnologia de interface entre o usuário e um sistema operacional por meio de recursos gráficos 3D ou imagens 360º com o objetivo de criar a sensação de presença em um ambiente virtual.

AR – Realidade Aumentada: Sobrepõe (complementa) o mundo físico com elementos digitais.

MR – Realidade Mista: Sobrepõe o mundo físico com elementos digitais. Entretanto, em forma de hologramas e com a possibilidade de interação.

Simuladores de Direção para diversos veículos: O uso mais comum da simulação é expor o condutor em um cenário de risco em um ambiente seguro e controlado – ou seja, proporcionar a experiência sem o perigo envolvido.

Como as edtechs atuam em treinamentos corporativos?

A educação corporativa tem algumas diferenças marcantes no ensino acadêmico. As metas de uma capacitação ou treinamento corporativo costumam ser definidas por indicadores quantificáveis, como habilidades técnicas, ou de produtividade.

Em alguns casos, há treinamentos de soft skills, ou questões comportamentais que são mais subjetivas.

Mesmo nesses casos, a demanda pelo treinamento partiu de uma necessidade objetiva, como a melhora das relações interpessoais no ambiente de trabalho, por exemplo.

As arquiteturas Edtech em treinamentos corporativos são implementadas para proporcionar habilidades que podem ser transportadas para os mais diversos propósitos, graças a uma infinidade de recursos que permitem a customização de treinamentos de acordo com a necessidade da organização.

Uma experiência de realidade virtual, como um simulador de direção, por exemplo, pode colocar o colaborador em cenários simulados construídos para replicar as situações de risco que ele pode encontrar no seu dia a dia. E esse tipo de experiência é, de longe, mais eficaz do que apenas a teoria de o que deve ser feito em cada situação.

Graças a esses recursos, o aprendizado vai bem além da compreensão básica dos conceitos-chave ou do estudo “decoreba” para provas.

O que a análise de dados (Big Data) pode contribuir com a educação corporativa?

Outro aspecto muito importante é que o treinamento corporativo por meio de ferramentas tecnológicas não se concentra apenas em modelos de ensino.

Essa modalidade de Treinamento e Desenvolvimento permite que a organização conheça melhor seus colaboradores, tanto a nível individual como coletivo.

A análise de dados Big Data que a tecnologia proporciona pode ser usada de várias maneiras, desde a identificação de áreas problemáticas para indivíduos até o redirecionamento de um setor inteiro, caso seja apurada a necessidade.

Como a tecnologia vem inovando os treinamentos de equipes técnico operacionais?

O fato de as soluções da tecnologia, como o ensino online, terem resolvido as limitações geográficas, além de reduzir custos já é mais uma novidade. Já vimos também que a experiência de aprendizado ficou mais personalizada e, com isso, mais envolvente e transformadora.

O treinamento no local de trabalho foi transformado de uma experiência de sala de aula unidimensional para uma gama de experiências em diversos níveis. Nos treinamentos mais atuais, não se espera mais que os colaboradores assistam a um vídeo e façam anotações.

Os vídeos agora são aumentados recursos interativos que proporcionam novas formas de assimilação, com estímulos visuais, auditivos e interativos.  Essa gama de opções permite que os funcionários aprendam da maneira que se sentirem melhor.

Recursos trabalhando em conjunto pelo melhor aprendizado

Um aspecto comum nas EdTechs mais disruptivas é o uso inteligente de recursos em que diferentes tecnologias se apoiam na jornada de aprendizagem dos alunos.  

Quer um exemplo? 

Determinado conteúdo pode ser transmitido em vídeo em conjunto com material apoio em arquivos de texto, para que o aluno possa se preparar para usar o que aprendeu em uma atividade gamificada, como um questionário interativo online (clique aqui para ver o QUIZ Interativo para campanha do Maio Amarelo) ou uma gincana presencial.

Percebeu como diferentes recursos podem trabalhar juntos pelo engajamento do colaborador no treinamento?

Younder Edtech entra para a seleta lista das 100 Edtechs

Aqui na Younder EdTech, a nossa equipe de produção de conteúdo para cursos, é especializada em desenvolver experiências inovadoras para treinamentos corporativos.

A empresa está no grupo das 100 empresas de tecnologia educacional mais inovadoras da América Latina na lista anual “LATAM Edtech 100”, para a qual mais de mil EdTechs concorreram. 

A Younder compõe o grupo de 33 Edtechs brasileiras voltadas a tecnologia avançada, STEAM e codificação, aprendizado de idiomas, ambientes de aprendizado, preparação de tutoriais e testes, sistemas de gerenciamento, aperfeiçoamento da força de trabalho, entre outras.

Lista das 100 EdTechs mais inovadoras da América Latina por HolonIQ

100 Edtechs mais inovadoras da América Latina em 2020

Quem saber como podemos inovar nos treinamentos corporativos na sua empresa? Clique no botão abaixo para falar com um dos nossos especialistas.