Treinamento e Desenvolvimento

Hard Skills: entenda a importância de incentivá-las

Escrito por: Equipe Younder

As hard skills são amplamente conhecidas como habilidades técnicas, as que, por tradição, chamam muita atenção no processo seletivo, como diplomas, especializações, cursos, certificados de idiomas e outros.

Incentivar o desenvolvimento é indispensável para o crescimento da empresa, por isso treinamentos com hard skills precisam ter espaço no plano de carreira dos seus funcionários.

O termo hard skills com certeza já deve ter aparecido para você. Principalmente para quem trabalha no setor de Recursos Humanos, que conhece o quanto as habilidades dos profissionais são levadas em conta na hora da contratação.

Mas, afinal, por que é tão importante desenvolver as hard skills, como identificá-las e incentivá-las? É só seguir a leitura para entender!

Entenda o que é hard skills 

Skill significa habilidade, em tradução livre do inglês. As hard skills são amplamente conhecidas como habilidades técnicas, as que, por tradição, chamam muita atenção no processo seletivo, como diplomas, especializações, cursos, certificados de idiomas e outros.

São as habilidades mais práticas, podendo ser adquiridas diretamente durante a vida acadêmica e facilmente demonstradas por meio de diplomas e testes. Antigamente, essas habilidades eram as únicas visadas num perfil de um candidato.

Qual é a diferença entre hard e soft skills?

Até poucos anos atrás, as hard skills eram o foco principal dentro de um processo de recrutamento, mas hoje em dia elas dividem espaço com as soft skills.

As soft skills podem ser chamadas de “competências pessoais”, habilidades mais ligadas à forma comportamental do profissional, como a capacidade de trabalhar sob pressão, a capacidade de liderança, inteligência emocional, colaboração, comunicação e mais. 

As soft skills também são necessárias para exercer um cargo e função, e estão cada vez mais visadas, mas é claro que não chegam a substituir as hard skills. Isso porque é fundamental que o profissional tenha habilidades técnicas e comportamentais. Assim, os tipos de habilidades acabam sendo complementares.

Saiba por que é importante incentivar a técnica

O motivo mais óbvio para a importância das hard skills é que os cargos demandam conhecimentos técnicos que não podem ser substituídos para exercer certas funções.

As hard skills são, inclusive, um ótimo filtro para que os profissionais possam se candidatar a uma vaga, já que as soft skills nem sempre podem ser percebidas a distância.

Os profissionais mais qualificados precisam de formações cada vez mais específicas e cursos de capacidade até para utilizar determinadas tecnologias e maquinários. Esse filtro diminui os esforços da equipe de seleção e supre as necessidades do cargo dentro da empresa.

Porém, a importância do hard skill não acaba após a contratação do profissional, pois a empresa evolui e o mercado se torna mais tecnológico, sendo sempre necessário complementar certos conhecimentos.

Dessa forma, é muito mais barato capacitar a sua equipe do que sempre encontrar novos profissionais para os cargos.

Modelo de Briefing para Treinamento

Conheça alguns exemplos de hard skills

Entenda algumas das hard skills necessárias e buscadas pelas equipes de recrutamento:

Especializações

As especializações são cada vez mais requisitadas no mercado de trabalho, seja via MBA, pós-graduação ou outros tipos de cursos. São essenciais para cargos mais específicos ou elevados, como coordenações e supervisões. 

Além disso, com o mercado cheio de tecnologias, as especializações tornam-se mais necessárias e capazes de contribuir até mesmo para o Marketing particular do profissional.

Mestrado e doutorado 

Em alguns países europeus como Portugal, onde o mestrado por vezes é estudado via Mestrado Integrado (cursos de 5 anos que já incluem a graduação e mestrado), essa modalidade de estudo é básica para conseguir um emprego.

Em outras regiões ou setores, os mestrados e doutorados são mais importantes para quem quer exercer uma carreira acadêmica. De uma forma ou de outra, são determinantes para crescer profissionalmente e alcançar melhores salários.

Expertise em ferramentas e softwares

Com maiores tecnologias, aparecem com mais rapidez ferramentas e softwares e, consequentemente, a necessidade de profissionais que saibam mexer nesses programas específicos, como:

  • habilidades analíticas para dados;
  • uso do Pacote Office;
  • habilidades para Design;
  • edição de vídeo;
  • desenvolvimento de sistemas ou sites
  • uso de equipamentos muito específicos das áreas da saúde, construção e etc. 

Cursos técnicos

Os cursos técnicos ocupam uma grande parte do mercado de trabalho, além de serem mais curtos e práticos, o que auxilia que o profissional consiga concluir sem ter que depender muitos anos. Alguns exemplos são: Mecânica, Segurança do Trabalho e Desenvolvedor Mobile costumam ser os mais valorizados.

5 dicas para incentivar as hard skills a partir de ações

Confira as nossas dicas para implementar as ações que, no dia a dia, incentivarão os profissionais da sua empresa a se tornarem cada vez mais capacitados:

Promover treinamentos de capacitação 

Essa é uma das melhores formas de treinar a equipe, já que é benéfico tanto para a empresa quanto para os profissionais: enquanto o negócio cresce a partir da melhoria do trabalho do time, o time cresce a partir das novas capacitações.

O interessante também é que, já que os treinamentos são promovidos pela empresa, podem ser feitos de forma específica de acordo com as necessidades de hard skills do departamento em questão (uma nova máquina, programas que serão usados em novos fluxos, e etc.). 

Além disso, os profissionais se sentem valorizados pela empresa, já que estão recebendo investimento, o que gera engajamento e maior produtividade, melhorando consequentemente o clima organizacional da empresa.

Os treinamentos podem ocorrer pessoalmente ou a distância, e, para o caso das aulas virtuais, indicamos as Plataformas LXP e LMS

Como medir os resultados do treinamento ROI

Incentivar o lifelong learning

Apesar da grande importância dos treinamentos, o aperfeiçoamento não precisa parar quando as capacitações acabam. É necessário aplicar o conceito de lifelong learning, onde o aprendizado não tem fim, e os profissionais sempre estarão atualizados sobre as novas ferramentas sem precisarem de certificados.

Se você quiser entender os pilares do lifelong learning e saber como aplicá-lo na empresa, é só conferir o nosso artigo.

Oferecer benefícios de ensino e cursos 

Um grande diferencial para as empresas é disponibilizar um Plano de Benefícios. De fato, eles podem ir além do vale alimentação e do plano de saúde, e abarcar perspectivas educacionais para a equipe. 

O oferecimento de cursos, desde graduação até pequenas especializações, são benefícios que atraem e retêm talentos na empresa e são interessantes tanto para os profissionais quanto para o negócio.

Promover ambientes de aprendizagem dinâmicos

A educação corporativa, um conceito razoavelmente novo, fala sobre ações que estimulam o desenvolvimento dos colaboradores diariamente no ambiente de trabalho. 

Há várias ferramentas para estimular a construção de conhecimentos, como a gamificação, que usa dinâmicas de jogo para conduzir a equipe no aprendizado de hard skills e soft skills diversas. 

Esse método pode ser usado em seleções, momentos de integração, com objetivos educacionais, treinamentos ou outros objetivos, o importante é que haja características de jogos, como pontuações, níveis, times, bonificações e mais.

Está interessado em aplicar a gamificação nas dinâmicas de grupo da empresa? Você pode entender melhor essa importante ferramenta com o nosso artigo.

É também o caso das trilhas de aprendizagem, conjuntos de atividades sequenciadas que promovem um determinado conhecimento ou competência no aluno. 

Essa formatação relaciona conhecimentos práticos e teóricos, e utiliza diversas ferramentas, como podcasts, livros, questionários, grupos de discussão, a própria gamificação e mais. Há trilhas lineares (com um percurso pré-estabelecido) e agrupadas (com módulos separados que podem ser feitos em qualquer ordem).

Em suma, esse tipo de cultura organizacional de crescimento constante está bastante aliado ao Growth Mindset. A ferramenta é usada para estimular a produtividade dos colaboradores a partir do incentivo diário ao crescimento, e é uma grande aliada na hora de criar uma cultura que abrace a constante evolução profissional. 

 Se também está interessado no Growth Mindset, confira mais no nosso artigo!

Diante de tantas habilidades a serem desenvolvidas, é preciso contar com uma equipe especializada no desenvolvimento profissional de equipes. 

A Younder é especialista em treinamentos para aprendizagem criativa de forma totalmente personalizada, virtual, presencial ou híbrida, de acordo com as necessidades da empresa. Clique abaixo e converse com nossa equipe.