Gestão de Frotas

Controle de frotas: saiba como fazer uma gestão eficiente

Escrito por: Equipe Younder

Um controle de frotas eficiente é essencial independente da quantidade de veículos que uma empresa mantém. Tratam-se de cuidados necessários durante as operações diárias das frotas, já que, sem esse gerenciamento, o negócio pode ter muitos prejuízos.

O controle de frotas é um processo importante para que a gestão consiga cada vez mais reduzir os custos da operação.

Além dos custos, ele ajuda, também, no aumento da eficiência e na otimização de processos e garante a satisfação dos clientes pelo bom trabalho realizado. O controle de frota proporciona, ainda, mais segurança para os colaboradores.

Se você quer melhorar o seu controle de frotas e garantir um processo eficiente, vamos falar sobre os 3 pontos importantes que devem estar presentes em qualquer gerenciamento de frota. Boa leitura!

Entenda o que é frota 

A frota é um conjunto de veículos terceirizado ou da própria empresa, e engloba caminhões, carros, ônibus ou outros tipos de automóveis.

Ela é bem comum no mercado moderno, há empresas especializadas como transportadoras e negócios que mantém as suas frotas para transporte próprio, de mercadorias ou de pessoas.

Para esse tipo de transporte, onde diversos motoristas são necessários, ter um bom controle de veículos é essencial.

Afinal, muitas vezes há um prazo para que o produto seja entregue ao cliente, além de ser necessário gerenciar custos, verificar comportamentos que podem ser de risco e outros tópicos. 

Só a boa gestão faz com que as operações consigam ser cada vez mais otimizadas, sem perder a eficiência.

Saiba qual é a importância de ter um controle de frotas de veículos

O controle de frotas, ou gerenciamento dos veículos da empresa, administra tudo o que está relacionado com o transporte: desde a compra, manutenção, rotas, combustível e mais.

Uma gestão eficiente é essencial independente da quantidade de veículos que uma empresa mantém. Tratam-se de cuidados necessários durante as operações diárias das frotas, já que, sem esse gerenciamento, o negócio pode ter muitos prejuízos.

Com a gestão, é possível tomar medidas preventivas para evitar problemas, falhas e descumprimento de prazos. 

Conheça os benefícios de fazer esse processo de forma eficiente

Já foi possível entender algumas das vantagens do controle de veículos, agora vamos listar as principais. Confira:

Reduzir custos da frota

Manter as frotas não custa barato, e toda empresa quer poupar o máximo possível. Então, a boa notícia é que o correto controle de frotas pode reduzir muito esses custos! 

De fato, as empresas passam a lucrar mais a partir da otimização do transporte, evitando gastos por acidentes (problemas que pegam todos de surpresa e param o trabalho), consertos de última hora, descumprimento de prazos e outros empecilhos.

Otimizar operações

Com a correta gestão de frotas, há o aumento da eficiência e da produtividade, já que a mercadoria é entregue ao cliente com muito mais assertividade e rapidez. Além disso, há melhora na disponibilidade de veículos, dado que o gestor sabe muito bem qual é a situação de cada colaborador. 

Dessa forma, é possível também realizar manutenções preventivas, diminuindo o custo de manutenção dos veículos e aumentando o tempo produtivo deles.

Analisar melhor os resultados e produtividade

Faz parte do controle de frotas analisar tempo de entrega, nível de combustível, qualidade do atendimento ao cliente e até a própria satisfação dos colaboradores com o transporte que estão utilizando. Todas essas características fazem parte de um monitoramento frequente de resultados para que seja possível implementar melhorias.

Prevenir acidentes e incidentes 

Os benefícios na segurança dos colaboradores também são importantes. Com a manutenção dos veículos em dia e treinamentos que desenvolvem a percepção de riscos dos colaboradores, é possível prevenir acidentes.

Para que seja possível evitar inseguranças com mais facilidade no dia a dia da frota, recomendamos que confira: Como prevenir acidentes em condições adversas de via? e Como prevenir acidentes a partir de um bom Gerenciamento de Riscos. Boa leitura!

3 boas práticas para manter o controle de frotas em dia

Mas, afinal, como é possível manter o controle dos veículos? Confira as nossas dicas: 

1) Realizar a manutenção preventiva e outros cuidados com os veículos

É importante pensar bem antes mesmo de adquirir um veículo, observando a legislação, se ele está de acordo com o que será necessário para o transporte, e até a consideração dos funcionários sobre os tipos de automóveis.

Também é importante ter um bom gerenciamento do combustível, analisando de acordo com o custo-benefício as possibilidades disponíveis (gasolina, diesel, carro elétrico e etc.).

O seu sistema de controle deve ser capaz de estruturar dados sobre quanto combustível está sendo consumido pelos diferentes carros, a diferentes rotas, peso de mercadorias e outras variáveis.

É necessário fazer a verificação diária do nível de combustível nos automóveis, assim como da situação do motorista, das inspeções, se a manutenção está em dia ou se há defeitos relatados.

2) Monitorar a rota da frota com ferramentas tecnológicas

Para saber as condições dos veículos e dos motoristas enquanto acompanha todos os fluxos, você precisa da tecnologia. Então, invista em softwares para observar as rotas e até o comportamento dos colaboradores.

Essas ferramentas também te ajudarão a analisar rotas mais econômicas (roteirizar), no intuito de aprimorar a eficiência do serviço, incluindo mais clientes num mesmo trajeto ou percorrendo o caminho mais rápido, menos arriscado e livre de pedágios.

O monitoramento também vai contribuir para a segurança dos colaboradores, já que o acompanhamento em tempo real do caminho vai mostrar possíveis emergências.

É importante aliar planilhas de acompanhamento, como Excel, a sistemas de gestão profissionais. Para roteirizar, você pode utilizar gratuitamente o Waze ou Google Maps.

Quer saber mais sobre tecnologias para monitoramento dos motoristas e dos veículos? Nós falamos sobre o tema no nosso artigo

3) Avaliar o desempenho dos condutores

As empresas que controlam frotas e utilizam tecnologias para acompanhar os veículos também podem e devem avaliar o comportamento e desempenho dos seus motoristas. Afinal, é a cara da marca que está no carro enquanto o funcionário segue o trajeto. 

Faz parte da gestão de frotas avaliar a performance dos colaboradores, inclusive para desenvolver metas, treinamentos e programas de recompensa. Avalie a velocidade, vícios de direção, ou comportamentos prejudiciais como acelerações bruscas. Esses dados vão te ajudar a prevenir acidentes e otimizar os transportes.

Quer melhorar a jornada dos seus colaboradores a partir de treinamentos eficientes? Temos várias soluções em treinamentos teóricos e práticos, online ou presenciais. Conte com a Younder para otimizar a sua frota!