Gestão de Frotas

Como identificar a rotação ideal para economizar combustível do veículo

Escrito por: Edemaike Silva

Para saber qual a rotação ideal para economizar combustível e como ela pode ajudar a poupar dinheiro, é preciso entender como funciona a rotação do motor do carro.

Saber identificar a rotação ideal para economizar combustível é um fato importante, principalmente para quem trabalha com o veículo.

Com o aumento do preço da gasolina e do álcool, muitos motoristas estão buscando alternativas para economizar combustível sem ter que optar em vender o carro e mudar de área de trabalho.

Não existe uma fórmula mágica para economizar combustível e entender quais fatores contribuem para o consumo de combustível pode ajudar você a gastar menos.

Com isso, é possível seguir algumas recomendações e manter bons hábitos, além de tirar bom proveito fazendo o tanque do seu automóvel render cada vez mais.

Aqui neste artigo trouxemos um pequeno manual de como saber qual a rotação ideal para economizar combustível. Nosso objetivo é tirar uma dúvida muito comum entre motoristas e, de quebra, mostrar 5 dicas para você economizar gasolina e, assim, continuar rodando com o carro economizando. 

Entenda porque uma rotação ideal serve para economizar combustível

Para saber qual a rotação ideal para economizar combustível e como ela pode ajudar a poupar dinheiro, é preciso entender como funciona a rotação do motor do carro.

As rotações são os giros do eixo do motor realizados por um determinado período, ou seja: conforme o pistão desce e sobe, ele completa um ciclo. Normalmente, a rotação é expressa em rpm (rotação por minuto), que é o que você observa no conta-giros do carro no seu painel.

Entender e ter essa informação é de grande importância para você saber a hora correta de fazer a troca de marcha e, portanto, de acelerar o carro. É nessa hora, na passagem de marcha, que é possível economizar combustível.

O conta-giros do carro, além de mostrar o rpm, tem por objetivo diminuir ao máximo o consumo de combustível, priorizando o desempenho do veículo através da indicação da rotação máxima e potência máxima.

Ou seja, manter o rpm indicado te ajuda a consumir menos combustível, pois o carro está performando da sua melhor maneira, sem grandes esforços.

Então, qual seria a rotação indicada?

A resposta é: não existe um número ideal. Na verdade, cada carro tem em seu manual a rotação indicada, podendo ser mais ou menos do que a média geral, por isso, é sempre bom olhar o manual do veículo. Mas, de forma geral, a média da maioria dos carros gira em torno de 2.000 e 2.500 rpm.

Existe uma velocidade ideal para economizar gasolina?

Assim como não há exatamente uma rotação ideal para economizar combustível, o mesmo vale para a velocidade. Mas há uma média, a faixa indicada para uma economia de gasolina ou álcool é entre 60 e 70 km/h, isso considerando uma aceleração constante.

No entanto, dificilmente é possível se manter dentro dessa faixa na cidade durante 100% do tempo por causa do trânsito, sinalizações e demais percalços.

Já na estrada é possível, mas dificilmente um motorista opta por essa velocidade, pois significa ir mais devagar e aumentar o tempo da viagem. Por isso, os motoristas tendem a acelerar mais, gastando mais combustível.

Quando se acelera muito acaba que a rotação aumenta, saindo da faixa verde e fazendo o carro consumir combustível muito além do esperado. Manter uma aceleração constante também ajuda a economizar.

5 passos práticos para economizar combustível no dia a dia

Se você estiver se perguntando se essa é a única forma de economizar combustível, a resposta é não!

Muito além de dirigir com um olho na estrada e outro no conta-giros para observar a rotação ideal e economizar combustível, há outras formas práticas de economizar durante o dia a dia.

Entre elas está usar o ar condicionado desligado – embora na estrada seja melhor ligar, uma vez que o carro fechado garante a aerodinâmica e economiza combustível.

Não é só isso, tem muitas outras formas práticas de garantir essa economia, confira outras 5 dicas para economizar mais combustível abaixo:

1) Mantenha a manutenção em dia

Uma boa maneira de economizar combustível é fazendo a revisão periódica. A revisão preventiva não apenas evita problemas, mas também ajuda na economia.

Isso porque quando se faz revisão de peças como velas, cabos e bobinas, você garante a conservação de componentes que influenciam diretamente no consumo de combustível.

Essas revisões devem ser feitas mais ou menos a cada 10.000 km, mas o ideal é checar a recomendação do fabricante.

2) Atente à rotação no momento da troca de marcha

Como explicamos anteriormente, a rotação ideal para economizar combustível é mostrada no conta-giros. Dessa forma, é importante prestar atenção para manter o ponteiro sempre na área verde, isso significa que você está na área econômica.

Já a faixa amarela deve ser usada em situações específicas que precisam de mais giro no motor, como subir um morro.

A faixa vermelha, no entanto, não deve ser utilizada em momento algum, pois pode causar danos irreversíveis ao carro.

3) Revise sempre as condições dos pneus 

Outra forma muito simples de economizar combustível é revisar as condições do seu pneu. Não só a questão do desgaste dos sulcos, mas também é muito importante manter o pneu com o nível de pressão recomendado pelo fabricante.

Isso porque pneus murchos geram mais atrito com a via, o que também aumenta exponencialmente os gastos com combustível.

E, para saber o nível ideal da pressão do pneu do seu carro, é importante ler o manual do veículo. Além de estar atento, pois colocar ar além do ideal também pode trazer problemas para a frenagem do seu carro, por exemplo.

4) Evite levar cargas muito pesadas

Os veículos são projetados para carregar uma quantidade máxima de peso, isso inclui bagagens e pessoas. Caso ultrapasse essa capacidade, não só o consumo de gasolina vai aumentar, mas outros componentes como freios e suspensões poderão ser sobrecarregados.

Cargas superiores a 10 quilos já influenciam no consumo, por isso evite estar com o carro sempre cheio ou manter itens desnecessários. Isso também contribui para aumentar o gasto de combustível, pois o motor terá que fazer mais força para colocar o veículo em movimento. 

5) Pratique a direção defensiva: 

Por último, mas não menos importante, a direção defensiva. Ela tem como objetivo:

  • fazer as pessoas dirigirem com mais atenção;
  • prever o que fazer com antecedência e tomar as decisões certas para evitar acidentes;
  • economizar gasolina, cuidar do carro e da segurança pessoal.

Um motorista que dirige de forma defensiva evita andar com muita velocidade e, consequentemente, frear e arrancar de forma brusca. Como explicamos anteriormente, a aceleração e desaceleração faz com que o carro saia da rotação ideal de economia de combustível.

Afinal, um bom motorista tem consciência de como utilizar bem o carro, mantê-lo sempre funcionando com a manutenção em dia, garantindo assim não só a economia, mas também a segurança no trânsito.

No entanto, tornar-se um bom motorista exige muita prática e aperfeiçoamento. Por isso, investir em cursos para seus colaboradores ensinará, não apenas qual a rotação ideal para economizar combustível, mas sim dicas de cuidado com o veículo, direção econômica e direção defensiva.